A importância dos multiplicadores de conhecimento dentro das empresas

Há alguns anos a preocupação com a transmissão do conhecimento deixou de ser exclusiva das escolas e universidades. Dentro das organizações o conceito tem sido cada vez mais difundido, seja através de programas de capacitação formal, seja através da criação de um clima organizacional que permita um ambiente de constante aprendizado e transmissão de conhecimento e do ensinar e aprender um hábito corporativo.

Caminhando nessa direção, muitas organizações têm investido na capacitação de multiplicadores de conhecimento, que como o próprio nome já diz, são pessoas engajadas e interessadas em disseminar suas experiências com todos ao seu redor. Esse perfil é fundamental para o crescimento de qualquer organização e vem sendo uma pauta cada vez mais difundida nos programas de treinamento e desenvolvimento (T&D).

Os multiplicadores de conhecimento, na maioria das vezes, são pessoas mais experientes e com amplo conhecimento dentro de um determinado setor e tem como principal característica o fato de não reterem informações, sendo movidos pela necessidade de passar seus conhecimentos adiante. Além disso, eles também se destacam por serem engajados, curiosos, interessados em aprender cada vez mais e com uma capacidade exemplar de se comunicar, afinal clareza e objetividade são fatores fundamentais para que uma mensagem seja compreendida e aceita por qualquer público.

É necessário que eles sejam colocados em posições centrais dentro da empresa. Ou seja, precisam entender como funcionam todos os processos, para que possam repassar suas experiências e, com isso, contribuir para o crescimento de todos. Pelo ponto de vista dos colaboradores, a presença dos multiplicadores de conhecimento é fundamental, pois eles não precisam ficar “reféns” da disponibilidade de seus gestores para tirar dúvidas e receber aprendizados.

A empresa que insere a cultura dos multiplicadores internos em sua rotina passa a contar com um time mais motivado, engajado e satisfeito em fazer parte daquela empresa. Também, outro ponto positivo das instituições que entendem a importância do compartilhamento de informações é o reconhecimento dos profissionais que se destacam na sua área. Isso porque oferecem a oportunidade de eles repassarem esse conhecimento para frente e, com isso, a possibilidade de melhorar sua qualificação.

E você, está pronto para aplicar essa estratégia nos seus treinamentos corporativos? Já investe em qualificação dos multiplicadores internos? Então compartilhe sua opinião e deixe seu comentário! A Posiciona Educação e Desenvolvimento existe para desafiar as pessoas a serem melhores do que são, pois acreditamos que pessoas mais competentes constroem resultados consistentes para si e para as organizações.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail